Como desconfiar de suas fontes de informação e ter mais acerto em suas decisões

Um grande problema que os líderes empresariais enfrentam é onde pegar informação confiável a respeito do que está acontecendo na empresa, nos mercados e no mundo. Quanto mais alta a posição do indivíduo, mais desastrosa será sua decisão se ele não tiver fontes confiáveis.

Um erro na escolha dessas fontes poderá significar a ruína de sua carreira e da empresa. Possibilidades que geram muita preocupação, medo e insegurança. Apesar da inquietação nessas esferas gerenciais, em nossa vida particular os efeitos de basearmos nossas escolhas em informações incorretas também é danoso. A causa disso é que não basta apenas escolher a fonte, você precisa ser capaz de auditá-la também.

Em primeiro lugar, tome muito cuidado com o que eu chamo de “o caminho do coelho para adultos”. Sabe aquele caminho de pegadas de coelho que, na Páscoa, os pais deixam para as crianças seguirem e encontrarem o ovo de chocolate? O mesmo ocorre no mundo adulto.

Há muitos percursos considerados claros e seguros que, no fim, constroem uma explicação esclarecedora e compreensível a respeito de acontecimentos. Entretanto, o fato de você compreender uma explicação, não significa que ela seja correta.

Fico muito preocupado quando vejo que há pessoas que realmente acreditam que encontrarão tudo o que precisam na internet. Sem se questionarem sobre quem colocou a informação lá, e com qual intuito.

Dois cuidados são importantes: procurar obter conhecimento profundo a respeito dos temas de seu interesse e sempre perguntar quem foi o agente, isto é, a pessoa que colocou a informação lá. Não se satisfaça com respostas atribuídas a professores, especialistas, ou cientistas. Procure pelo nome da pessoa e verifique se ela está qualificada para fornecer a informação que você procura.

Por conhecimento profundo entenda: leia livros grossos sobre o tema. O saber somente tem valor se estiver na sua cabeça. Esqueça essa ideia de que o importante é você saber localizar o conhecimento. Se você cair em um caminho do coelho estará, na realidade, perdido.

Ao saber o nome da pessoa que disponibilizou a informação, saberá a quais grupos ela pertence e, portanto, quais interesses e propósitos ela tem. Eles interferem na velocidade, precisão e, em alguns casos, na veracidade da informação.

Podemos verificar esse problema nos episódios recentes do Brexit e da eleição presidencial norte-americana. Em ambas as situações informações que chegaram pela mídia tradicional estavam erradas quanto ao resultado provável desses dois eventos.

Sempre que duas ou mais pessoas têm um mesmo pensamento, é provável que somente uma esteja pensando. Tenha muito cuidado com isso e procure saber a fonte original, seus propósitos e interesses.

Acima de tudo, busque pela verdade. Ela é uma ferramenta fundamental para seu sucesso profissional e na vida. E é ela que vai oferecer um terreno seguro onde poderá apoiar suas decisões e escolhas. Para encontrá-la, você precisa sair da prisão do tempo. Ou seja, não olhe somente para os acontecimentos, autores e livros do último ano, da última década ou dos últimos 30 anos.

Procure mais para trás. Quanto mais longe você olhar para o passado, mais longe verá no futuro e, principalmente, maior entendimento terá do momento histórico no qual sua vida se desenvolve. É essa consciência com conhecimento que você deve buscar desenvolver, seja como líder empresarial, seja como líder de sua própria existência.

Vamos em frente!

Exibições: 188

Comentar

Você precisa ser um membro de Alliance Coaching para adicionar comentários!

Entrar em Alliance Coaching

© 2019   Criado por Silvio Celestino.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço