Sorte: o encontro da competência com a oportunidade

Achei interessante uma pessoa dizer que sorte é quando competência e oportunidade se encontram. É preciso saber perceber a oportunidade. E esse poder de percepção pode ser aprendido: é saber enxergar numa situação aquele diferencial que escapa aos olhos de quem é preconceituoso e convive com paradigmas superados.

Certa vez, um homem ia com um companheiro pela estrada. Enquanto conversavam, a cada instante o homem se abaixava, descobrindo sob a poeira ora um anel ora um colar de ouro ou de pedras preciosas. O amigo, atônito, perguntou ao homem:

— Mas que estranho dom miraculoso é esse que faz você ver coisas que eu não sou capaz de enxergar?

— Ora, não há nada de miraculoso — respondeu o homem. — Quando estive preso numa cela totalmente escura, para não enlouquecer usei uma técnica: jogava cinco alfinetes a esmo no chão e não descansava enquanto não os encontrava. Com isso desenvolvi minha capacidade de percepção.

Essa história nos ensina que muitas vezes o que chamamos de sorte, boa estrela e intuição são apenas fruto do desenvolvimento de uma percepção acurada e de muita disposição e persistência para realizar.

*Sócio-fundador da Alliance Coaching, Alexandre Rangel compartilha histórias e lições de cooperação, liderança e motivação do seu livro O que podemos aprender com os gansos.

Exibições: 1767

Comentar

Você precisa ser um membro de Alliance Coaching para adicionar comentários!

Entrar em Alliance Coaching

© 2022   Criado por Silvio Celestino.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço