Tempos atrás, em um distante e pequeno vilarejo, havia um lugar conhecido como a Casa dos Mil Espelhos. Um pequeno e feliz cãozinho soube da existência desse lugar e decidiu visitá-lo. Lá chegando, saltitou feliz escada acima até a porta da casa. Olhou através da grande porta envidraçada de entrada com as orelhas bem levantadas e o rabinho balançando tão rapidamente quanto podia. Para sua grande surpresa, deparou com outros mil pequenos e felizes cãezinhos, todos com os rabinhos balançando tão rapidamente quanto o dele. Abriu um enorme sorriso e foi correspondido com mil enormes sorrisos. Quando saiu da casa, pensou: “Que lugar maravilhoso! Voltarei sempre aqui, um montão de vezes”.

Neste mesmo vilarejo, outro pequeno cãozinho, que não era tão feliz quanto o primeiro, também decidiu um dia visitar a Casa dos Mil Espelhos. Escalou lentamente suas escadarias e olhou através da grande porta envidraçada. Quando viu mil outros cãezinhos de olhares hostis olhando fixamente para ele, rosnou e mostrou os dentes. E logo ficou horrorizado ao ver os mil cãezinhos também rosnando e mostrando os dentes para ele. Quando saiu, ele pensou: “Que lugar horrível! Nunca mais volto aqui”.

E você? Como está olhando para os espelhos que existem em seu setor? Reflita sobre isso. A forma como você vê as pessoas no trabalho é um reflexo do seu comportamento.

Exibições: 22

Comentar

Você precisa ser um membro de Alliance Coaching para adicionar comentários!

Entrar em Alliance Coaching

© 2017   Criado por Silvio Celestino.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço