O maior erro que vejo em novos empreendedores

Um grande problema acontece quando aquele que deseja tornar-se empreendedor acredita que alguém sozinho seja capaz de dizer-lhe o caminho das pedras completo do processo. Ele gasta seu dinheiro com cursos, livros e palestras, mas o sucesso não chega.

Isso é motivo de muita frustração, perda de energia e fracassos pessoais. Afinal, o sonho de empreender engloba muitos outros: ser livre, tornar-se o próprio chefe, ser rico, viajar para todos os lugares que desejar, entre outros. É por causa desses sonhos que muitos prometem transformá-lo em um empreendedor, o que tem gerado o chamado “empreendedorismo de palco”, tão criticado nas últimas semanas.

Como formo líderes empresariais, é evidente que não darei nenhum feedback específico a respeito dessas pessoas que estão no palco, pelo simples motivo que feedback negativo se dá em particular, não em público. Entretanto, a causa do momento atual é que muitos indivíduos não conseguem perceber a complexidade do mundo empresarial e tomam ideias pueris e superficiais como sendo o segredo do sucesso de empresários. 

Necessariamente, a solução passa por encarar a complexidade do empreendedorismo e achar o fio da meada que cabe em sua situação específica. Portanto, não há um caminho único a ser seguido por todos. Quando converso com novos empreendedores, o que mais sinto falta é de clareza sobre a complexidade na qual se encontram.

Dois pontos são os mais ausentes: fluxo de caixa e estratégia. Eles imaginam que o fluxo de caixa será salvo por investidores, não por vendas. E que a estratégia começa com seus propósitos mais elevados desconectados da maneira como vão alcançá-los.

Em primeiro lugar, seu empreendimento tem de ser viável economicamente. Por mais belas que sejam as definições de propósitos, visão e missão, tudo isso custa dinheiro de maneira contínua, e, portanto, você deve responder a esta pergunta: como terei dinheiro continuamente para o meu negócio?

Se você observar a estratégia de Elon Musk, da Tesla, ela é muito clara sobre isso: 

1) Primeiro, faremos carros elétricos esportivos, pois compradores de modelos esportivos pagam mais caro por eles.

2) Depois, com o dinheiro da venda de carros esportivos, desenvolveremos carros elétricos médios e produziremos em escala maior, para aumentar o fluxo financeiro.

3) Com o dinheiro da venda desses carros médios, produziremos carros elétricos acessíveis em larga escala, para ter a quantidade de dinheiro necessária para o propósito principal.

4) Por último, proveremos energia solar – esse é o propósito principal –, que precisa de muito dinheiro para ser viabilizada de maneira contínua.

A estratégia em detalhes está neste link: www.tesla.com/en_GB/blog/master-plan-part-deux. ;

Portanto, sua estratégia deve conter os elementos de sobrevivência e de crescimento integrados. Se você não tiver claro como vai sobreviver, acabará por se sobrecarregar ou sua família, que, em geral, é quem socorre o empreendedor tanto quanto possível.

Isso é motivo de muito sofrimento e estresse em casamentos, e mesmo de brigas entre familiares. Não deixe isso acontecer, pense em como vai se sustentar no curto prazo. Pois, para ser bem-sucedido no longo prazo, você tem de chegar lá primeiro.

Eu sei que um empreendedor está em dificuldade quando está esperando um evento para que finalmente seja bem-sucedido: uma grande venda ou um investidor que coloque dinheiro em seu negócio. Esperar nunca pode ser a parte principal de sua estratégia. A parte principal é a integração de como você vai sobreviver e como crescerá.

Outro ponto ausente nessas questões é o tempo que demora para que você se torne um bom empreendedor. A recomendação é: somente comece a se considerar um empreendedor bem-sucedido depois de dez anos. Antes disso, você não terá passado por ao menos um ciclo econômico de expansão e contração do mercado.

Em geral, o que vejo são empreendedores que não aguentam sequer um ano no mercado. Mas, mesmo aqueles que ultrapassam essa marca, ao começar a ganhar dinheiro, gastam com excentricidades, carros importados, casas grandes e viagens. Poucos anos depois, estão em dificuldades e quebram. A vida do empreendedor requer trabalho duro, humildade, capacidade de aprender e se transformar sempre. E essas instruções não estão completas.

Portanto, se deseja tornar-se um empreendedor, prepare-se para uma vida de muito trabalho, dúvidas e aprendizado constante. Mantenha a humildade em todos os momentos e, talvez, você chegue lá. Assim como não é todo mundo que pode ser médico ou engenheiro de sucesso, também não é todo mundo que nasceu para ser empreendedor. Isso não é demérito para ninguém. Mas, se você sente que esse é o seu destino, vá em frente.

E boa sorte!

Exibições: 119

Comentar

Você precisa ser um membro de Alliance Coaching para adicionar comentários!

Entrar em Alliance Coaching

© 2019   Criado por Silvio Celestino.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço